Resenha|Originais #4 – Jennifer L. Armentrout

                                                                                        Sinopse

Originais, saga lux, beleza de livrosDAEMON FARÁ TUDO O QUE FOR PRECISO PARA TER A KATY DE VOLTA.

Após a bem-sucedida, porém desastrosa, incursão a Mount Weather, ele está tendo que encarar o impensável. Katy foi capturada. Sua única meta agora é encontrá-la. Destruir qualquer um que se ponha em seu caminho? Com todo prazer. Incendiar o planeta inteiro para salvá-la? Moleza. Expor sua própria raça ao mundo? Sem problema.

TUDO O QUE KATY PODE FAZER É SOBREVIVER.

Cercada por inimigos, a única maneira que ela tem de sair dessa é se adaptando. Afinal, nem todas as facetas do Daedalus são totalmente malucas, embora os objetivos do grupo sejam assustadores e as verdades propagadas ainda mais perturbadoras. Quem é de fato o inimigo? O Daedalus? A humanidade? Ou os Luxen?

JUNTOS, ELES PODEM ENCARAR O QUE VEM PELA FRENTE.

No entanto, a pior de todas as ameaças esteve escondida o tempo inteiro. Quando as verdades vierem à tona e as mentiras forem enfim desmascaradas, de que lado o Daemon e a Katy decidirão ficar? E será que eles conseguirão, pelo menos, continuar juntos?


Olá gente! Como vocês estão? Tudo beleza?

A sinopse desse livro é de arrepiar os pelinhos do braço, e também, um baita spoiler para quem não leu os livros anteriores. só de reler, já dá uma vontade de pegar o livro e ler de novo. Originais é o quarto livro da série lux, escrito pela autora Jennifer L. Armentrout e lançado pela Editora Valentina.

Daemon, Katy e seus amigos conseguiram salvar Bethany, namorada de Dawson. Só tem um pequeno probleminha. Quando estavam saindo do departamento que abrigavam Lux e Híbridos, afim de realizarem testes e saberem a dimensão do seu poder, acabou que Katy não conseguiu sair a tempo e ficou para trás. Os Daedalus a capturaram.

Nesse livro a narrativa será intercalada dentro do ponto de vista, tanto de Daemon, quanto de Katy. É legal, e bem interessante saber um pouco dos pensamentos do Daemon, já que os outros livros sempre foram do ponto de vista de Katy. Depois que Katy é capturada, Daemon faz de tudo para salvá-la, até mesmo renegando lux, pessoas de sua própria espécie, apenas para encontrá-la.

“O antigo que continuava em sua forma humana, estava parado alguns metros atrás de mim, em meio aos Luxen que eu derrubara. Meu corpo vibrou com o poder não liberado. Eles não deviam ter tentado me deter. Nenhum de vocês deveria ter tentado fazer isso”.

A única forma que Daemon verá de conseguir chegar perto de Katy, será se ele for capturado.  Ele sendo capturado poderá ficar no mesmo local que Katy e protegê-la. Ele conseguirá exatamente isso, mesmo que seja obrigado a fazer qualquer outra coisa. Como por exemplo, transformar / curar humanos para se tornarem híbridos.

saga lux, originais, eu amo ler, livros, jennifer . Armentrodud, eu amo ler, editora valentina,

Claro que Katy ficará enfurecida quando descobrir o que Daemon fez por ela. Mas nós sabemos queridos leitores, que juntos eles são bem mais fortes, disso eu tenho certeza. A única coisa que eles acharam bem estranho é o fato deles colocar Katy e Daemon com o aposento um do lado do outro. Eles possuem um banheiro que dá acesso ao outro. E depois de tantos questionamentos irão descobrir que eles planejam que os dois fiquem juntos para ter um filho. Um filho de Luxen e uma híbrida que podem ser umas criancinhas um pouco bizarras, com poderes alienígenas assustadores.

“Katy deu um tapa na minha mão quando tentei apertar seu nariz de novo. Sem ofensa, mas não estou com a menor vontade de fazer bebezinhos esquisitos com você no momento”.

Os Daedalus criaram uma raça única, diferente, com poderes bem ou tão superiores quanto dos Luxen. Quem são eles? São os Originais. Originais é uma raça composta por criancinhas, geradas por um híbrido com um Luxen e são mantidos no mesmo departamento que Katy e Daemon. Dentre tantos poderes, eles ainda possuem a capacidade de ler a mente das pessoas, sem exceção, eles sabem tudo o que você está pensando. E um dos guardas que cuida de Katy e Daemon é um original, um homem já formado que possui esses poderes, e descobrirão isso só depois. Talvez esse soldado seja um aliado, ou talvez não. Só digo uma coisa, que eu disse em todas as resenhas da Saga Lux, eles precisarão saber em quem exatamente devem confiar.

“Queríamos escapar dali, ter um futuro onde não fôssemos vistos como malditos experimentos científicos ou controlados por uma organização secreta. No entanto, o que o Daedalus estava fazendo com os originais teria consequências que nenhum de nós dois conseguia sequer começar a compreender”.

eu amo ler, livros, jennifer . Armentrout, eu amo ler, editora valentina, blog, belezadelivros

Os dois lutarão para sair daquele lugar, nem que para isso, seja necessário se aliarem com os originais. Talvez, seja uma loucura muito grande, já que eles possuem poderes para acabar com o mundo em um piscar de olhos, mas se for preciso, eles farão. Originais é um livro que te prende do ínicio ao fim, é enlouquecedor e surpreendente com um final bem dramático e bastante ação. Meu coração está apertado só de pensar que falta apenas um livro para essa saga terminar, mas não me arrependo e com certeza indico. Quem diria que um livro com alienígenas pudesse ser tão interessante!

“Observei-a até não conseguir mais manter os olhos abertos. Passei, então, a contar suas respirações até começar a esquecer qual fora o último número”.

Resenha|Ônix #2 – Jennifer L. Armentroud

                                                                            Sinopse

ônix livro, saga lux, beleza de livros

ESTAR CONECTADA A ELE É UMA DROGA!

Graças ao seu abracadabra alienígena, Daemon está determinado a provar que o que sente por mim é mais do que um efeito colateral da nossa bizarra conexão. Em vista disso, fui obrigada a dar um “chega pra lá” nele, ainda que ultimamente nossa relação esteja… esquentando.

ALGO PIOR DO QUE OS ARUM RONDA A CIDADE.

O Departamento de Defesa está aqui. Se eles descobrirem o que o Daemon pode fazer e que nós estamos conectados, vou me ferrar. Ele também. Além disso, tem um garoto novo na escola que, tal como a gente, guarda um segredo. Ele sabe o que aconteceu comigo e pode ajudar, mas, para fazer isso, preciso mentir para o Daemon e ficar longe dele. Como se isso fosse possível!

ATÉ, QUE DE REPENTE, TUDO MUDA.

Vi alguém que não deveria estar vivo. E tenho que contar ao Daemon, mesmo sabendo que ele não vai parar de investigar até descobrir toda a verdade.

NINGUÉM É O QUE PARECE SER. E NEM TODO MUNDO IRÁ SOBREVIVER ÀS MENTIRAS.


Olá gente! Como vocês estão? Tudo beleza?

Depois de Katy descobrir que seus vizinhos são áliens de luz, os luxen, que vieram de outro planeta e possuem super poderes, sua vida mudou drasticamente. O Daemon a trata como um cavalheiro, como se ela fosse uma pessoa muito especial para ele. Porem, Katy, acredita que ele não gosta dela, e essa aproximação bizarra que de repente ele demonstrou por ela é efeito da ligação existente entre eles.

A ligação que surgiu quando ele a curou. Agora é como se os dois fossem apenas um. O coração bate as mesmas batidas, no mesmo ritmo e sempre quando se aproximam, eles sentem a presença do outro, como um arrepio na nuca. Tudo que Daemon quer é demonstrar que gosta de Katy e mais do que isso. Mas a Katy se torna uma personagem nesse livro que muitas das vezes, chega a ser insuportável. A gente vê claramente o Daemon se esforçando, porém, ela sempre arruma uma justificativa para os seus atos.

“Dei mais alguns passos, parando ao sentir os dedos afundarem na terra molhada da margem. Um calor enlouquecedor fazia com que minha pele parecesse em brasa. Ardente. Cáustica”.

Em meio a tantas coisas, Katy descobrirá que de alguma forma pegou alguma “coisa” quando Daemon a curou, enquanto estava entre a vida e a morte. De repente ela perceberá que antes de tocar em alguma coisa, ou ela vai se mover, ou se afastar, explodir… O tipo de coisa inexplicável, que somente os Lux sabem fazer com seus poderes.

Saber lidar e conseguir controlar esses poderes recém descobertos será uma loucura, ainda mais quando Katy informar que deseja lutar contra os Arum, inimigos dos Lux. Tudo que Daemon quer é que Katy não se aproxime dos seus inimigos e o modo que ele tenta protegê-la de tudo é simplesmente lindo gente! Só que mesmo que ele não a ajude com isso, ela encontrará outra pessoa. Uma pessoa que Daemon não confia. Um cara gato, que estuda na mesma sala que Katy, e já demonstrou que tem interesse nela. 

“Não era justo com ele… nem com o Daemon. Não estava pronta para acreditar no meu vizinho, mas não podia continuar fingindo que não havia nada entre nós”.

SAGA LUX, LIVRO ONIX, EDITORA VALENTINA, BELEZA DE LIVROS, MYLENA FERNANDA, RESENHA, BLOG, JENNIFER L. ARMENTROUD

Daemon fará de tudo para que Katy acredite o quão importante é para ele. Demonstrará de diversas formas o quanto a deseja. E juntos vão embarcar em uma jornada, onde ela não acreditará no seu amor, e ele, como adora um desafio, irá provar que a ama. Katy tomará algumas decisões precipitadas e absurdas, o que me deu uma dor de cabeça, de tanto gritar com ela. E no final, todas as decisões que ela tomou, acarretará graves consequências. 

“Porque sei o que sinto aqui dentro. E, não sou o tipo de pessoa que foge das coisas, por mais difíceis que sejam. É melhor bater de cara numa parede de tijolos, do que passar o resto da vida imaginando o que teria acontecido”.

O grande problema que  gera algumas confusões no livro, é a confiança. A confiança será uma arma utilizada de diversas formas. A única pessoa que Katy precisará confiar será no Daemon, ainda que faça o contrário. Eles precisarão lidar com o DOD, o departamento de defesa, que de alguma forma, eles imaginam que sabem dos seus poderes. Apesar de todas as tristezas e mágoas que surgirá, algo muito interessante e inesperado acontecerá e nos deixará embasbacados.

Essa série é de causar arrepios. Você grita com os personagens e quase enlouquece quando um mal entendido é interpretado da maneira errada. Eu super Recomendo! Daemon e Katy não são normais. Nenhum dos dois com seus poderes extraterrestres. Mas, ao mesmo tempo, eles são perfeitos. O enredo e a maneira como dialogam encanta e irrita, isso que torna essa série tão especial.

“Acolhi de braços abertos aquela arrebatadora sensação. Minha visão mudou, parecendo pulsar em meio a uma cortina de névoa. Inclinei a cabeça ligeiramente de lado. A eletricidade impregnava o ar, devorando o oxigênio”.