Publicado em Editora Universo dos Livros, Resenhas

Resenha|Seduzida por um guerreiro escocês – Maya Banks

Sinopse

Maya Banks, Seduzida por um guerreiro escocês, Universo dos Livros, Beleza de Livros

Eveline Armstrong é imensamente amada e protegida por seu clã, mas as pessoas a consideram diferente, pois apesar de ser linda e encantadora, a moça sofreu um acidente que lhe causou sequelas não só psicológicas, mas também físicas, visto que ela ficou surda. Satisfeita com sua vida reclusa, ela aprendeu a ler lábios e permitiu que o mundo a enxergasse como uma tola.

Contudo, quando um casamento arranjado a torna esposa de Graeme Montgomery, integrante de um clã rival, Eveline aceita seu destino – despreparada para os deleites que viriam. Enredado pelos mistérios de Eveline, cujos lábios silenciosos são cheios de tentação, Graeme vê seu casamento ameaçado devido às rivalidades entre clãs e agora deverá enfrentar inúmeras adversidades para salvar a mulher que lhe despertou tanto amor.


Oi amores! Tudo beleza?

Seduzida por um guerreiro escocês é um livro diferente de qualquer outro que eu tenha lido. Por quê? É o primeiro livro que eu leio onde a protagonista é surda. Eveline sofreu um acidente que a deixou surda após cair de um cavalo, mas nem todos sabem disso, ou melhor, ninguém sabe disso. Ela consegue entender as pessoas apenas lendo os lábios, um hábito que precisou aprender sozinha.

Alguns acreditam que ela é louca, outros que ela tem uma doença por isso é tão estranha. Desde o acidente ela fica em casa, evitando os outros, ou tentando o máximo evitar, ela também não fala nada. Nenhuma palavra. Como ela pode falar? Não tem ideia de como vai sair o volume da voz, se é que vai sair alguma palavra.

“Antes podia sentar-se ao lado de sua rocha e lembrar-se do som das borbulhas, da água correndo e da paz que isso trazia. Com o tempo, esses sons fantasmas se desfizeram e desapareceram. Um vazio tão grande que ela própria se sentia deslizando cada vez mais”.

Deixar as pessoas acreditarem em sua loucura não é pior. O pior será quando o Rei decretar o seu casamento com Graeme Montgomery. O seu pai lorde do Clã Armstrong jamais aceitaria isso, caso o Rei não tivesse decretado para que a paz fosse selada entre os melhores clãs das terras alta da Escócia.

A rivalidade entre os Mongomery e Armstrong é de várias décadas e todos sabem que após um pisar nas terras do outro, será considerado morto. Mas agora tudo é diferente, o Lorde Graeme precisa aceitar a Louca Eveline como sua esposa, querendo ou não, ele só não sabe a extensão da loucura dela.

“Queria fechar os olhos para não ler mais nada nos lábios de ninguém”.

Seduzida por um guerreiro escocês, Eu amo ler, Maya Banks, Universo dos Livros, Beleza de Livros

Eveline vai morar na Terras do seu marido em Mongomery, e não fica nada fácil sua convivência com eles. Não só pelo fato dela ser uma Armstrong, mas por ser diferente. Ela deixou que todos pensassem que era louca após o acidente para que não fosse obrigada a se casar com um homem tosco que prometeu acabar com sua vida (em outras palavras), assim a mentira se tornou uma bola de neve, e não foi possível dizer “Oi Família estou apenas surda, mas não louca”.

Como o decorrer da leitura Graeme vai descobrindo quem verdadeiramente é sua esposa, e percebe que sua beleza interior brilha muito mais que por fora. É difícil para Eveline conseguir dizer a verdade pois não sabe escrever, e não consegue dizer as palavras para que Graeme entenda que ela tem ciência de todos os seus atos.

“Graeme não sabia o que a tornava tão atraente, e era por isso que se sentia tão culpado por desejá-la”.

Eveline é uma personagem forte que luta para ser aceita por aqueles que a odeiam, uma mulher que faz o impossível para proteger aquele que ama. Graeme é um guerreiro destemido que vai conseguir ouvi-la, pois ela vai ensiná-lo a ouvir com o coração. Entre tantos momentos intensos percebemos que eles precisam lidar com a rivalidade entre seus clãs, afinal, querendo ou não eles agora são uma família. 

Seduzida por um guerreiro escocês é com certeza um livro diferente de tudo que eu já tenha lido, nós conhecemos uma mulher surda que precisa ouvir lendo os lábios e que quando fecha os olhos teme o vazio escuro que torna sua vida. Uma mulher que foi seduzida pela voz de um guerreiro e um guerreiro que a seduziu com seu coração.

Sem dúvidas é um romance perfeito para ler em uma tarde e se pegar imaginando em um certo guerreiro escocês. Recomendo.

“Mas agora ela era dele. E nada nem ninguém entraria em seu caminho. Nem a família dela nem o seu clã.

Graeme não desistiria dela sem uma boa luta”.

Publicado em Editora Harlequin, Resenhas

Resenha|Traição – Maya Banks

Sinopse

Traição, Maya Banks, Romance, Halerquin, Beleza de livros

Mentiras, sedução e um homem inesquecível.

Como se não bastasse Marley Jameson ter traído a confiança de Chrysander Anetakis e estar grávida dele, ela foi acometida por amnésia. A antiga amante do magnata grego vendeu segredos da empresa dele, e depois foi expulsa de sua vida.Mas agora ela não se lembra de nenhum de seus atos. Chrysander percebe uma ótima oportunidade para se vingar, por isso inventa uma mentira inofensiva: diz para Marley que já estavam noivos antes de ela ter perdido a memória. Para completar seu plano de acerto de contas, ele a leva para sua ilha particular, onde não só aguardará o nascimento do bebê, como também aproveitará a súbita devoção de Marley antes de se livrar dela de uma vez por todas. Só havia um pequeno detalhe não previsto por Chrysander. O fato de que Marley fosse recuperar a memória tão rapidamente.


Oi meus lindos! Tudo beleza com vocês?

Eu acho que esse livro foi um dos primeiros que eu li da Maya Banks e decidi reler porque de repente me peguei pensando na história, e pensa em uma história onde acontece muita coisa em apenas 250 páginas.

Como o nome já diz, traição, é nisso que a história se baseia. Um romance entre um homem muito poderoso chamado Chrysander Anetakis, dono de uma rede de hotéis e de uma fortuna absurda, que se encanta por Marley Jameson, a mulher que ele sempre espera quando volta de uma longa viagem a negócios do exterior.

Durante a volta de uma das suas viagens ele verá na bolsa de Marley uns documentos falso que ele plantou na sua empresa para que descobrisse quem estava vendendo informações sigilosas do seu projeto para o concorrente. Aí meus amigos! Imagina a reação de Marley sendo acusada de traição entre muitas e outras coisas, sendo que não tinha ideia do que ele estava falando.

“Não temos um relacionamento. Não sou afeito a relacionamentos, e você sabe disso. Considero-a minha amante”.

Alguns meses depois ele descobre que Marley foi sequestrada e mantida em cativeiro durante meses, estava grávida de um filho seu, e pior, ela não se lembrava de nada, apenas do próprio nome. Aqui nos podemos ler a história pelo ponto de vista tanto do Chrysander quanto da Marley e apesar das circunstâncias percebemos que realmente, ela teve amnésia. Segundos os médicos, o que ela passou nas mãos dos sequestradores foi forte o suficiente para ela bloquear as memórias, mesmo que temporariamente.

Belezadelivros, Resenha, Livro Traição, Maya Bankc, Halerquin, Eu amo ler, Livros, Resenha

“Contrataria alguém para ficar com ela quando tivesse de se ausentar e lhe fornecer os mínimos detalhes sobre os cuidados de Marley. Dessa forma, poderia mantê-la a um braço de distância e, ao mesmo tempo, observar seu progresso”.

O que Chrysander não contava era  que a atração que existisse entre Marley e ele fosse se intensificar muito mais e ela, mesmo não se lembrando dele, fosse corresponder da mesma forma. Agora como ele pode confiar em uma mulher que na sua opinião, quase acabou com sua empresa, com a empresa de sua família. Como pode confiar em alguém que o traiu de maneira tão sórdida? 

“Os olhos âmbar escureceram e, por um instante, o que Marley viu refletido neles fez um arrepio lhe percorrer a espinha. Havia tantas emoções conflitantes naquelas íris douradas!”. 

Esse livro é recheado de mistério onde queremos a cada página lida desvendá-los. Aliás, porque sequestrar Marley? Quem foi? Quem armou para ela ser considerada uma traidora? Maya decide nos mostra tudo nos últimos capítulos e a verdade me deixou arrepiada. Durante a leitura nos lidamos com os confusos sentimentos de Chrysander que muitas das vezes passa da água para o vinho e nos deixa atordoada. Mas o que ele pode fazer se a base de uma relação é a confiança né.

“Ele a encarava quase desconfiado, embora Marley não pudesse entender o por quê. Porém sabia que aquilo não era fruto da sua imaginação. Uma clara mudança se operara no humor de Chrysander”.

Belezadelivros, Resenha, Livro Traição, Maya Bankc, Halerquin, Eu amo ler, Livros, Resenha

Como toda verdade aparece, não será diferente nesse livro. Agora, qual será a reação de Marley ao lembrar de tudo que passou durante alguns meses trancafiadas, com medo, e pior, temendo pela vida do filho. Uma coisa eu digo, pode ser que seja irreversível passar por tudo o que passou e conseguir manter o controle.

Traição é um livro que me fez sentir muitas emoções e torcer por um casal onde nem todos eram a favor. Um livro que me deixou desesperada quando Marley recuperou a memória e me deixou em pânico temendo o final. Um romance digno da Rainha dos Romances. Com toda certeza do mundo eu recomendo.

“A porta trancada que se esforçara tanto para abrir se escancarou e o passado a transpôs como uma enchente  de velocidade assustadora”.

Publicado em Editora Quinta Essência, Resenhas

Resenha|Devoção – Maya Banks (Trilogia Surrender)

                                                                              Sinopse

Primeiro ela testou os limites do desejo com a trilogia Breathless. Agora, Maya Banks, a autora best-seller #1 do NY Times, vai ultrapassá-los. Na trilogia Surrender, casais que desejam renovar seu compromisso vão perceber que um momento de desatenção pode custar muito caro…

devoção, maya banks, trilogia surrender,quinta essencia, leya, resenha, beleza de livros, blog, eu amo ler, livros, booksChessy e Tate estão casados há anos. No início, o relacionamento deles era tudo o que Chessy queria. Ela oferecia ao marido a submissão e, em retribuição, ele cuidava para que ela se sentisse completamente segura e feliz.Porém, em alguns anos, Tate . passou a dar menos atenção a Chessy, fazendo com que ela se sentisse em segundo plano. Cada vez mais infeliz em um casamento que havia sido, um dia, tudo o que ela tinha sonhado, Chessy sabe que algo de muito urgente precisa ser feito, antes que coloquem tudo a perder. Tate ama sua esposa.. Sentir-se provedor de Chessy sempre foi sua prioridade. Mas, ultimamente ela aparenta estar distante e infeliz, deixando-o preocupado. Tão preocupado que decide organizar uma noite muito especial, que pode reacender a chama que existia neles no começo.

Mas, uma ligação no momento errado quase coloca tudo a perder: a segurança de Chessy, o plano de Tate, a crença no amor… Ao perceber que estava prestes a perdê-la, Tate prepara-se para o grande embate da sua vida. Decidido a reverter a situação a qualquer custo e conquistá-la novamente, ele vai mostrar a ela que nada é mais importante do que o amor que sentem um pelo outro.


O livro devoção é o terceiro da trilogia Surrender, onde conhecemos a história de Chessy e Tate. Esse casal nós conhecemos no primeiro livro  rendição e no segundo devoção. Enquanto eu estava lendo os outros livros, eu ficava me perguntando porque Tate não dava mais atenção a Chessy , e passava diversos tipos de coisas na minha cabeça e com certeza de qualquer outro leitor que esteja lendo essa trilogia. As melhores amigas de Chessy são a Jossy do primeiro livro e a Kylie do segundo, então, nos livros anteriores nós ficamos sabendo que Chessy e seu marido estão passando por uma situação difícil no seu casamento. Um casamento de 7 anos. Mas o que poderia ser? Tate parece não notar que sua mulher está infeliz, ou será, que ele sabe e fecha os olhos para isso?

“Chessy adoraria poder dizer que sua própria vida amorosa- seu casamento- era tão incrível quanto os relacionamentos de suas melhores amigas”.

Chessy planeja contar para o marido como se sente, pedir mais atenção, pois ele coloca o trabalho em primeiro lugar, a deixando pelo terceiro, quarto plano, algo que é inadmissível para um homem como ele… Um homem que é dominador, que precisa colocar as necessidades da sua mulher a frente das suas, cuidando dela, tornando prioridade em sua vida. Só que Tate esqueceu do seu papel. Esqueceu que sua mulher é uma submissa e ele seu dominador. Tudo o que ele prometeu ao se casar…Não existe mais.

Como ela queria isso de volta! Como ela queria o marido de volta! Queria que as coisas fossem como antes da tentativa de ele ganhar a vida por conta própria, constituindo uma empresa de planejamento financeiro com um sócio que sumiu na primeira oportunidade e deixou-o na mão, atendendo sozinho a clientela”.

Tate só vai descobrir como anda o seu casamento, após Chessy desabafar toda sua angústia no dia que estiverem comemorando mais um ano de casamento. O dia que ele marcará um jantar, e não chegará, o dia que ele cairá na real e perceberá que está prestes a perder a mulher amada. O mais louco dessa história é que o personagem Tate, nem sequer pressentia como sua mulher estava infeliz, ele via que ela estava diferente, mas não sabia que o motivo era ele. Nos primeiros anos de casamento, colocava o mundo aos seus pés, agora não se importa tanto com isso.

devoção, maya banks, trilogia surrender,quinta essencia, leya, resenha, beleza de livros, blog, eu amo ler, livros, books

Chessy verá uma cena na noite da comemoração de seu casamento que a deixará chocada, revoltada, triste e pedirá um tempo para o seu marido, seu casamento… A gente começa a entender como Tate se sente, ele ama sua mulher e jamais pensou que um dia ela pudesse se separar dele, nunca imaginou isso, e em sua cabeça ela sempre estaria ali para ele, era algo concreto, que ela sempre estaria ao seu lado. Ele fará de tudo para reconquista-la, tudo mesmo… E quando está no caminho, ele receberá um telefonema bem na hora errada, um telefonema que pode ser o ponto final para a sua relação.

“Tate não conseguia respirar. Uma mão invisível parecia apertar sua garganta sem piedade, privando-o de oxigênio. As palavras de Chessy pareciam tão…Definitivas. O fato de que merecia cada uma delas fazia o pânico se espalhar por seus nervos. Uma vida sem Chessy era impensável”. 

O telefonema que Tate recebeu, permitiu que algo muito ruim acontecesse com sua mulher e isso é algo que pode ser imperdoável para ele. Nesse momento a gente começa a pensar como será o final do livro, será se ficarão juntos, será se ele vai mudar? E no meio da história a gente tenta compreender porque Tate está tão longe… Será que ele trai ela? Seria esse um dos motivos?

“Ele passou a mão pelos cabelos, sentindo-se abalado. Chessy o imobilizou com o peso de seu olhar e sua expressão acusadora e, ao mesmo tempo, devastada.

-Ah desculpe-me, Tate. Deixei você chateado? Que egoísta da minha parte não dar a você toda a minha atenção”.

Enquanto lia os livros anteriores, eu ansiava cada vez mais para ler esse, para tentar entender Tate, afinal, foram anos ignorando sua mulher, não cumprindo o papel de dominador. Esse livro não superou as minha expectativas. Eu amo todos os livros da Maya e esse foi o único que ao terminar, senti falta de algo, uma continuação na história. 

Sabe aquele livro que a todo momento, você sente que o personagem vai fazer uma burrada? Eu senti isso ao ler esse livro. Tate é um personagem que ao mesmo tempo que eu queria passar a mão na cabeça e dizer que vai ficar tudo bem eu queria bater e chutar.

Eu já li muitos livros que tratam sobre dominação e submissão, e realmente gosto, a única coisa que não gosto é quando a mulher deixa trabalhar, porque já tem o marido para suprir suas necessidades, porque o marido pediu que o fizesse. Na minha opinião toda mulher precisa de sua independência, ainda mais financeira.

Enfim… A trilogia encerrou e meu coração está encharcado de amor por esses personagens. Eu recomendo esse livro, afinal, a história é muito boa e a escrita da Maya, como sempre, perfeita!

“Aquela seria a maior luta de sua vida, e Tate estava totalmente pronto para a batalha. Não haveria amarras capazes de prendê-lo diante da tarefa de reconquistar Chessy, seu amor, sua fé, sua confiança. Ele queria tudo. Em troca, ele se daria inteiro para ela”.