Publicado em Editora Gutenberg, Resenhas

Resenha|Entre o amor e a vingança #1 (O clube dos canalhas) – Sarah MacLean

SINOPSE
Entre o amor e vingança, beleza de livros

O que um canalha quer, um canalha consegue… Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável, Lady Penélope Marbury. Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o Marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso à um mundo inexplorado de prazeres. Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança. Mas isso parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles… Até mesmo seu coração.



Oi meus lindos! Tudo beleza com vocês? 

Gente! Que livro é esse? Eu sei que essa autora arrasa com nossos corações e quem disse que esse seria diferente? Ou melhor como eu pude pensar diferente.

Após Bourne perder toda sua fortuna em um jogo de cartas devido sua própria inexperiência e juventude, sendo manipulado pelo seu próprio tutor, aquele quem deveria cuidar dele após a morte dos seus pais, faz com que um desejo imenso e terrível de vingança assole seus dias. Mesmo após dez anos ele conseguir ser dono de um dos maiores cassinos de Londres, mesmo após possuir o triplo de sua antiga fortuna, a vingança continua em pé. Apenas esperando o momento certo para agir e dar o golpe final no seu oponente.

“O grande segredo da sociedade é que a ruína não é nem de perto tão ruim como fazem parecer”.

Entre o amor e a vingança, Editora Gutenberg, Romance, Sarah Maclean, Beleza de Livros, Romance, Resenha, Série.

Quando o momento chega, a virada de jogo para que ele consiga a propriedade de sua família, a propriedade dos seus antepassados de voltas, ele descobre que para comprar aquela casa, é necessário que ele se case com Penélope Marbury. O dote de Penélope é simplesmente um valor em dinheiro exorbitante mais a  propriedade dele. Isso porque depois de tantos anos ela não se casou e o pai pretende casá-la imediatamente para garantir o futuro promissor de suas outras duas filhas solteiras.

“A perfeição é limpa demais, fácil demais. Eu não quero perfeição, tanto quanto não quero ser perfeita”.

Quando ele fazia parte da alta classe londrina e ainda possuía a fortuna herdada pelos seus pais, ele e Penélope eram vizinhos, amigos e muito próximos. Próximos no sentido que eram melhores amigos, mas depois que ficou sem dinheiro e foi jogado para a rua apenas com a roupa do corpo, fez com que ele se distanciasse de tudo que lembrasse sua antiga vida e seu título. Agora depois de tantos anos sem falar com sua antiga melhor amiga, ele só pensa em uma coisa, casar-se com ela em prol da sua vingança pois terá sua propriedade e acabar com a vida do homem que o manipulou quando era tão jovem e imaturo.

O livro é pelo ponto de vista tando de Penélope quanto de Bourne. No decorrer da leitura Penélope percebe que esse Bourne não é o seu antigo amigo que ria mais e que agora se tornou tão fechado, tão sério. Enquanto isso Bourne fica cada vez mais entre o amor e a vingança, não sabe o que escolher, por qual optar. Não mesmo, até descobrir que Penélope também mudou muito. Ela quer saber de aventuras e agora com seu marido, ela espera que ele possa proporcionar isso a ela.

Por isso que eu digo, o mundo dá muitas voltas gente! Enquanto ele tenta afastá-la de sua vida, ela pensa em entrar e fazer parte de sua vida e até mesmo do seu cassino: O anjo caído. 

Entre o amor e a vingança, Editora Gutenberg, Romance, Sarah Maclean, Beleza de Livros, Romance, Resenha, Série.

“Durante toda sua vida,  Bourne destruiu tudo de valor que teve. Quando Penélope percebesse isso… que ele era todo tipo de decepção, ela o agradeceria por não permitir que se aproximasse muito”.

O Cassino mais famoso e cobiçado de Londres, possui outros três sócios, e claro, que cada um possui sua própria história e isso já me deixou mega ansiosa para ler os próximos livros. Bourne é um homem que mesmo após perder tudo em um jogo de cartas, abriu o cassino onde todos que jogam, pelo menos a maioria, perde tudo aquilo que conquistou.

“O anjo caído. Uma lembrança, não apenas do nome do clube, mas do risco que assumiam aqueles que ali entravam, depositavam suas apostas sobre o feltro macio, lançavam os dardos de marfim e assistiam a roleta girar em um borrão de cor e tentação”.

Entre o amor e a vingança, Editora Gutenberg, Romance, Sarah Maclean, Beleza de Livros, Romance, Resenha, Série.

Um jogo é assim, você tem que saber que sua vida, seu futuro está ali, naquelas cartas, e precisa ter sorte. Agora meu querido, jogar o jogo do amor é muito mais perigoso, pois nem sempre você sai ileso, não é só seu futuro e sua vida, mas seu precioso coração, emoção e pensamentos. Como dizer a um homem que sonhou com sua vingança por dez anos, a cada hora, minuto e segundo para simplesmente esquecer e escolher o amor?

A história desses personagens me cativou de tal maneira que não consegui desgrudar os olhos de cada linha e ainda me fez perder o meu ônibus. Acredita! kkkk…Realmente o casamento entre eles parece um jogo,um jogo muito perigoso. Qual será o final disso tudo? Quem vai ganhar? Quem vai perder?  Estou ansiosa para ler os próximos livros, e sem dúvidas recomendo essa obra prima.

“Não aposte o que está não está disposta a perder, querida. Terceira regra do jogo”.

 

Publicado em Editora Harlequin, Resenhas

Resenha|As infinitas possibilidades do nunca – Juliana Dantas

Sinopse

As infinitas possibilidades do nunca - capaSarah é uma garota inteligente que nunca se envolveu com ninguém.
Antes de ir para a faculdade, ela fez um acordo com seu melhor amigo Leo: se em um ano nada mudasse, eles perderiam a virgindade um com o outro quando ela voltasse para casa.

Com a aproximação das férias, Sarah percebe que Leo está muito ansioso esperando sua volta, a fazendo desconfiar que o amigo pode ter mais sentimentos por ela do que seria permitido. Com medo de estragar a amizade, Sarah decide perder a virgindade antes de reencontrar Leo.

O estudante de astronomia Nathan Cole é rico, bonito e de uma família importante. Porém, é um total mistério porque ele nunca se envolve com ninguém. Até Sarah James entrar em seu caminho, lhe pedindo que tire sua virgindade.

E para a surpresa de Sarah, Nathan não só aceita, como lhe propõe que fiquem juntos por dois meses em um acordo de sexo sem compromisso.

Porém, a vida é feita de infinitas possibilidades, mesmo quando o acordo é nunca se apaixonar.


Olá meus amores! Tudo beleza com vocês?

Sarah é uma garota que após terminar o Ensino Médio vai para uma das melhores Faculdades, o sonho de qualquer pessoa, ou melhor, é um sonho que se realizou. Ela só fica triste pelo fato do seu amigo de infância Léo, ser um ano mais novo e não poder realizar esse sonho junto com ela.

Então como melhores amigos que são, eles decidem que caso não encontrem sua alma gêmea em até um ano, eles irão perder a virgindade juntos. O que Sarah começa a perceber com o decorrer do tempo é que infelizmente, ele parece nutrir sérios sentimentos por ela, e para não acontecer o que aconteceu com seus pais que eram melhores amigos mas depois de tanto tempo de relacionamento mal chegavam a se suportar, ela decide que não vai cometer esse erro.

“Lembrando-me que desde criança eu amava deitar com Léo na areia e contar as estrelas, me sentindo pequena sob um céu de infinitas possibilidades”.

E será na Faculdade que ela conhecerá Nathan Cole, e meu DEUS eu jurava estar vendo aquela cena de crepúsculo onde a Bella ver o Edward no refeitório, e todo mundo fica encarando os Cullen, no livro é bem parecido. Os Cole são três irmãos (Dois homens e uma mulher)  lindos que fazem bastante sucesso na Faculdade, não só por serem lindos, mas também podres de ricos e filhos do ex-senador. Digamos que eles parecem perfeitos! Tem uma áurea em Nathan que fica puxando o olhar de Sarah para ele, igual a Bella olhando o Edward, gente! Eu tive que comparar, parece muito!

As infinitas possibilidade do nunca, Juliana Dantas, Resenha, Beleza de LivrosAs infinitas possibilidade do nunca, Juliana Dantas, Resenha, Beleza de Livros

“Só que ninguém é perfeito. Debaixo de todo aquele exterior deslumbrante, deve haver algo mais”.

No meio desse enredo que Sarah comete a maior loucura de sua vida e pede para Nathan tirar sua virgindade, o que ela não contava era que ele fosse topar, afinal, o cara pode ser um gato maravilhoso que poderia ter a mulher que quisesse mas não namorava e nem pegava ninguém. Então porque ele aceitou? Ou melhor, porque ele ainda pediu dois meses de um relacionamento onde não haveria sentimentos nem amizade, apenas sexo entre eles. Gente! O Nathan é estranho e durante toda a leitura eu fiquei querendo desvendá-lo.

“-Então é um apaixonado pelas estrelas?

-Como não ser? Somos todos feitos de poeira de estrelas, não sabia?”

Por mais louco que seja ele estuda astronomia e como Sarah, é louco por estrelas. Será se é o destino batendo na porta? O relacionamento de Sarah e Nathan é baseado em algo mais profundo, por mais que os dois relutem em aceitar isso, principalmente Nathan. Durante a leitura nos descobrimos o segredo de Nathan e fiquei pasma, gritei, chorei e não parei mais. É algo que não tinha passado pela minha cabeça e me fez entender o verdadeiro significado de que a vida possui infinitas possibilidades, você nunca sabe o que vai acontecer.Qual é o seu destino? O que está destinado para você?

“O mundo é feito de infinitas possibilidades, Sarah. Nunca diga nunca para nada. Porque a vida pode te surpreender quando menos espera”.

As infinitas possibilidades do nunca, Livro, Resenha, Juliana Dantas, Beleza de Livros

Eu me emocionei com os últimos capítulos e chorei bastante. Eu fiquei completamente apaixonada por personagens que me ensinaram tanto em poucas páginas, até  mesmo a olhar para o céu estrelado, admirar sua vasta imensidão e perceber o quão lindo pode ser. A cada capítulo a autora colocou um trecho de algumas músicas da Banda Sleeping At Last, tenho que ressaltar que são maravilhosas.

Esse livro me surpreendeu e tocou meu coração. Você fica ansiosa para saber o que será de Leo quando descobrir o que sua amiga aprontou, fica tensa com o segredo de Nathan e ansiosa para terminar mas com medo de acabar, afinal, é livro único. O que eu posso dizer? Recomendo e sem dúvidas quero conhecer outros livros da Juliana Dantas.

“Meu coração se inquieta no peito. Falhando, batendo, sofrendo.

É tanto sentimento junto que me sinto sufocar”.

Publicado em Editora Universo dos Livros, Resenhas

Resenha|Seduzida por um guerreiro escocês – Maya Banks

Sinopse

Maya Banks, Seduzida por um guerreiro escocês, Universo dos Livros, Beleza de Livros

Eveline Armstrong é imensamente amada e protegida por seu clã, mas as pessoas a consideram diferente, pois apesar de ser linda e encantadora, a moça sofreu um acidente que lhe causou sequelas não só psicológicas, mas também físicas, visto que ela ficou surda. Satisfeita com sua vida reclusa, ela aprendeu a ler lábios e permitiu que o mundo a enxergasse como uma tola.

Contudo, quando um casamento arranjado a torna esposa de Graeme Montgomery, integrante de um clã rival, Eveline aceita seu destino – despreparada para os deleites que viriam. Enredado pelos mistérios de Eveline, cujos lábios silenciosos são cheios de tentação, Graeme vê seu casamento ameaçado devido às rivalidades entre clãs e agora deverá enfrentar inúmeras adversidades para salvar a mulher que lhe despertou tanto amor.


Oi amores! Tudo beleza?

Seduzida por um guerreiro escocês é um livro diferente de qualquer outro que eu tenha lido. Por quê? É o primeiro livro que eu leio onde a protagonista é surda. Eveline sofreu um acidente que a deixou surda após cair de um cavalo, mas nem todos sabem disso, ou melhor, ninguém sabe disso. Ela consegue entender as pessoas apenas lendo os lábios, um hábito que precisou aprender sozinha.

Alguns acreditam que ela é louca, outros que ela tem uma doença por isso é tão estranha. Desde o acidente ela fica em casa, evitando os outros, ou tentando o máximo evitar, ela também não fala nada. Nenhuma palavra. Como ela pode falar? Não tem ideia de como vai sair o volume da voz, se é que vai sair alguma palavra.

“Antes podia sentar-se ao lado de sua rocha e lembrar-se do som das borbulhas, da água correndo e da paz que isso trazia. Com o tempo, esses sons fantasmas se desfizeram e desapareceram. Um vazio tão grande que ela própria se sentia deslizando cada vez mais”.

Deixar as pessoas acreditarem em sua loucura não é pior. O pior será quando o Rei decretar o seu casamento com Graeme Montgomery. O seu pai lorde do Clã Armstrong jamais aceitaria isso, caso o Rei não tivesse decretado para que a paz fosse selada entre os melhores clãs das terras alta da Escócia.

A rivalidade entre os Mongomery e Armstrong é de várias décadas e todos sabem que após um pisar nas terras do outro, será considerado morto. Mas agora tudo é diferente, o Lorde Graeme precisa aceitar a Louca Eveline como sua esposa, querendo ou não, ele só não sabe a extensão da loucura dela.

“Queria fechar os olhos para não ler mais nada nos lábios de ninguém”.

Seduzida por um guerreiro escocês, Eu amo ler, Maya Banks, Universo dos Livros, Beleza de Livros

Eveline vai morar na Terras do seu marido em Mongomery, e não fica nada fácil sua convivência com eles. Não só pelo fato dela ser uma Armstrong, mas por ser diferente. Ela deixou que todos pensassem que era louca após o acidente para que não fosse obrigada a se casar com um homem tosco que prometeu acabar com sua vida (em outras palavras), assim a mentira se tornou uma bola de neve, e não foi possível dizer “Oi Família estou apenas surda, mas não louca”.

Como o decorrer da leitura Graeme vai descobrindo quem verdadeiramente é sua esposa, e percebe que sua beleza interior brilha muito mais que por fora. É difícil para Eveline conseguir dizer a verdade pois não sabe escrever, e não consegue dizer as palavras para que Graeme entenda que ela tem ciência de todos os seus atos.

“Graeme não sabia o que a tornava tão atraente, e era por isso que se sentia tão culpado por desejá-la”.

Eveline é uma personagem forte que luta para ser aceita por aqueles que a odeiam, uma mulher que faz o impossível para proteger aquele que ama. Graeme é um guerreiro destemido que vai conseguir ouvi-la, pois ela vai ensiná-lo a ouvir com o coração. Entre tantos momentos intensos percebemos que eles precisam lidar com a rivalidade entre seus clãs, afinal, querendo ou não eles agora são uma família. 

Seduzida por um guerreiro escocês é com certeza um livro diferente de tudo que eu já tenha lido, nós conhecemos uma mulher surda que precisa ouvir lendo os lábios e que quando fecha os olhos teme o vazio escuro que torna sua vida. Uma mulher que foi seduzida pela voz de um guerreiro e um guerreiro que a seduziu com seu coração.

Sem dúvidas é um romance perfeito para ler em uma tarde e se pegar imaginando em um certo guerreiro escocês. Recomendo.

“Mas agora ela era dele. E nada nem ninguém entraria em seu caminho. Nem a família dela nem o seu clã.

Graeme não desistiria dela sem uma boa luta”.