Publicado em Editora Faro Editorial, Resenhas

Resenha|Fuck Love (Louco Amor) – Tarryn Fisher

                                                                                     Sinopse

fuck love, tarryn fisher, louco amor, beleza de livros, resenha, belezadelivros, mylena fernanda, faro editorialHelena Conway se apaixonou.

Contra sua vontade. Perdidamente. Mas não sem motivo.

Kit Isley é o oposto dela – desencanado, espontâneo, alguém diferente de todos os homens que conheceu.

Ele parece o seu complemento. Poderia ser tão perfeito… se Kit não fosse o namorado da sua melhor amiga.

Helena deve desafiar seu coração, fazer a coisa certa e pensar nos outros. Mas ela não o faz…

“Tentar se afastar da pessoa amada é como tentar se afogar. Você decide fugir da vida, pulando na água, mas vai contra a natureza não buscar o ar. Seu corpo clama por oxigênio; sua mente insiste que você precisa de ar. Então você acaba subindo à superfície, arfando, incapaz de negar a si mesma essa necessidade básica de ar. De amor. De desejo ardente.”

Você pode pensar que já viu histórias parecidas, mas nunca tão genuínas como essa. Tarryn, a escritora apaixonada por personagens reais, heroínas imperfeitas, mais uma vez entrega algo forte, pulsante, que nos faz sofrer mas também nos vicia. Depois dela, todas as outras histórias começam a parecer como contos de fadas.

Se você não quer se viciar, não leia a primeira página.


Olá leitores lindos e maravilhosos! Tudo beleza com vocês? Eu estou pensativa depois de finalizar a leitura de Fuck Love, obra de Tarryn Fisher, uma autora que ou você ama ou odeia. Se bem que ás vezes, você pode sentir os dois kkkk. Ela tem o grande talento de criar personagens reais até demais e situações que você pensa ” Cara que loucura! Isso pode acontecer comigo!

Fuck Love não é diferente, afinal, imagina se você se apaixonasse perdidamente pelo namorado da sua melhor amiga. O que você faria? Helena Conway fica desesperada a notar que sente alguma coisa por Kity Isley após um sonho louco onde eram casados, possuíam família e eram muito felizes. Agora o que ela faz se tudo isso não se passou de um sonho? Tudo que era para ficar apenas na sua cabeça, ela passa a sentir toda vez que estão perto dele, mas seria pior se ele sentisse o mesmo não concordam?

“Depois que ele se vai, olho-me no espelho e percebo que há ovo em meu cabelo. Como se não bastasse, constato que não estou tão gata quanto imaginava. Nem perto disso, aliás”.

Helena é uma personagem desastrada e um pouco atrapalhada mas que me divertiu bastante, a autora soube desenvolver a história de forma que não pensássemos “ela está traindo a amiga”, até porque nada acontece até que os pontos do “I” tenham se ajustado. Momentos especiais que Kity  passar com Helena fará ele olhar para ela com outros olhos, mas o que ele pode fazer se ela é melhor amiga da sua namorada né.

“Percebo que estou vulnerável, e quase sempre me sinto como uma mulher insignificante -alguém que um homem pode trair e depois alegar que cometeu um erro. Não quero ser ” a garota que deixou o cara”, quero ser “a garota que o cara jamais deixaria ir embora”.

fuck love, louco amor, beleza de livros, resenhas, mylena fernanda, editora faro editorial, tarryn fisher, belezadelivros

Kity é um cara que me tirou do sério ao longo da leitura, eu percebia que ele gostava de Helena, mas não admitia os seus sentimentos. Eu fiquei com muita raiva dele, mas entendia que ele não queria magoar sua namorada Della. O pior de tudo isso, foi a própria namorada perceber a atração mútua existente entre eles, mas não querer perdê-lo. Isso me lembra tantos relacionamentos abusivos onde a pessoa faz até o inimaginável para não perder o cara que ama.

“Esse é o lado ruim de ser jovem. Você não faz ideia de todas as mudanças que estão por vir. E quando elas enfim, chegam, não importa o quanto as pessoas o tenham avisado, você de fato fica surpreso”.

Helena considera mais importante sua amizade com Della do que ficar com Kitty, e isso é lindo, colocar os amigos em primeiro lugar, mas nem sempre o que queremos é o que será. O que fazer quando se ama o namorado da sua melhor amiga, e seu próprio namorado a traiu de maneira sórdida. O melhor a dizer é Foda-se o amor!

“Se pudessem ver o que se passa no meu coração, elas entenderiam o motivo da minha maquiagem estar toda borrada”.

Tarryn Fisher arrasou e arrebatou o meu coração criando personagens tão reais que sinto que eles existem. Essa diva abordou temas como família, amizade, juventude e relacionamentos de uma maneira que cativou minha total atenção. Esse livro me ensinou que ás vezes você pode pensar todo um futuro, formar uma casa com muitos tijolinhos, mas isso também pode ser destruído e a vida pode fazer outros planos para você. Recomendo!

“Eu deveria mostrar lealdade a ela, afinal, as amigas devem vir em primeiro lugar. Mas será que essas regras sagradas conseguem sobreviver a realidade?”.

 

Autor:

Meu nome é Mylena Fernanda tenho 21 anos, sou estudante de Jornalismo, loucamente apaixonada por livros, chocolate, comida, filmes e séries.

4 comentários em “Resenha|Fuck Love (Louco Amor) – Tarryn Fisher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.