Resenha|Um marido de faz de conta – Julia Quinn (Os Rokesbys #2)

                                                    Sinopse

um marido de faz de conta, julia quinn, os rokesbys, eu amo ler, beleza de livros, resenhaEnquanto você dormia…

Depois de perder o pai e ficar sabendo que o irmão Thomas foi ferido durante uma batalha nas colônias, Cecilia Harcourt tem duas opções igualmente terríveis: se mudar para a casa de uma tia solteira ou se casar com um primo vigarista. Então ela cruza o Atlântico, determinada a cuidar de seu irmão pelo tempo que for necessário. Só que, após uma semana sem conseguir localizá-lo, ela acaba encontrando seu melhor amigo, o lindo oficial Edward Rokesby. Ele está inconsciente, precisando desesperadamente de cuidados, e Cecilia promete salvar a vida desse soldado, mesmo que para permanecer ao lado dele precise contar uma pequena mentira…

Eu disse a todos que era sua esposa.

Quando Edward recobra a consciência, não entende nada. A pancada na cabeça o fez esquecer tudo que aconteceu nos últimos três meses, mas ele certamente se lembraria de ter se casado. Apesar de saber que Cecilia Harcourt é irmã de Thomas, eles nunca foram apresentados. Mas, já que todo mundo a trata como esposa dele, deve ser verdade.

Quem dera fosse verdade…

Cecilia coloca o próprio futuro em risco ao se entregar completamente ao homem que ama. Mas quando a verdade vem à tona, Edward talvez também tenha algumas surpresas para a nova Sra. Rokesby.


Olá leitores maravilhosos! Tudo beleza com vocês?

Eu terminei esse livro tão rápido de tamanha ansiedade que eu fiquei apenas de saber da sinopse dessa história tão, mas tão linda. Um marido de faz de conta é o segundo livro da trilogia lançada até no momento, chamada Os Rokesbys. Quando eu li essa sinopse fiquei louca e pensei: Eu preciso, necessito, não consigo viver sem ler esse livro kkkk. Então vamos ver o que eu achei!

Edward fica hospitalizado e inconsciente após sofrer um grave ferimento em uma de suas missões que presta para a coroa. Ele não sabe o que aconteceu nos últimos três meses, não tem ideia, ele simplesmente perdeu a memória de tudo que aconteceu, inclusive com sua missão. Agora imaginem só, você acordar e descobrir que está casado!

“Cecília tivera três dias para imaginar o que Edward Rokesby poderia dizer quando enfim despertasse. Tinha pensado em várias possibilidades, das quais a mais provável era: “Quem diabo é você?”

Tudo o que Cecília queria mesmo era encontrar o seu irmão Thomas, aquele que era melhor amigo de Edward e que passava por tantas missões, assim como ele. Se para encontrar seu irmão será preciso dizer que é casada com Edward é exatamente isso que ela vai fazer. Ela só não imaginava que ele fosse perder a memória e acreditasse piamente que ela era casada com ele.

Os dois apesar de não se conhecerem pessoalmente, já trocaram algumas frases em cartas que o próprio irmão Thomas enviava para a irmã. Ele já tinha certo interesse pela moça apesar de nada ter sido dito, então porque estranhar Cecília quando ela diz que eles se casaram né.

“Ela o encarou com uma expressão sábia e pesarosa, e Edward quase sentiu o mesmo. Havia algo nos ohos dela- a cor, o brilho…-que, quando encontrava os dele, o fazia perder o fôlego”.

A autora alterna a história para o ponto de vista de Cecília e Edward, então conseguimos saber exatamente o que o outro está pensando. Os dois procuram Thomas e ao decorrer da história eu pensei que Thomas só queria juntar os dois, o seu melhor amigo com sua irmã, e eu acharia isso perfeito, mas não foi bem isso que Julia Quinn preparou para nós e foi justamente essa parte que eu considerei negativa.

um marido de faz de conta, julia quinn, os rokesbys, romance de época, editora arqueiro, resenha

Cecília fica com medo da reação de Edward ao descobrir que ela mentiu para ele, mas o que ela nunca imaginaria é que ele também tinha uma carta na manga, e quando menos imaginasse seria lançada sobre ela. Os dois personagens nos tiram do sério ao decorrer da leitura e tudo que queremos é gritar para eles contarem a verdade um para o outro, casarem, ter um bando de filhos e serem felizes para sempre.

“E então, naquele instante, ele sentiu como se tivesse voltado a ser um garotinho, olhando para a inda menina do outro lado do salão, aquela que ninguém tinha coragem de abordar. Era ridículo, uma loucura descabida”.

Eu amei esse livro e super recomendo, assim como eu disse na resenha do livro anterior “uma dama fora dos padrões”, a autora já chega com tudo, sem enrolação e logo início você é transportado para outra época, outra vida e quando termina e volta para a terra se estranha com o seu próprio espaço tamanha familiaridade que tinha sentido do outro lado. Cecília e Edward são dois personagens lindos que com toda certeza era para ficarem juntos, mas não de uma maneira tradicional e sim de uma maneira mais complexa, começando por um marido de faz de conta.

” A guerra só era suportável por causa da amizade e da certeza de que havia pelo menos uma outra pessoa ali que valorizava a vida dele tanto quanto a própria vida”.

2 comentários em “Resenha|Um marido de faz de conta – Julia Quinn (Os Rokesbys #2)

Deixe uma resposta para literarymundi Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.