Resenha|Obsidiana #1 – Jennifer L. Armentroud

                                                                                                       Sinopse

livro obsdiana, editora valentina, eu amo ler, livros, jennifer l. armentroud, livros, books

COMEÇAR DE NOVO É UM SACO.

Quando a gente se mudou para o interior, bem no início do último ano do colégio, eu já vinha me preparando para o sotaque caipira, o tédio, a internet lenta e um monte de chatices… Até dar de cara com o meu vizinho gato, alto de dar tontura e com intimidantes olhos verdes. Hummm… os prognósticos estavam melhorando.

ATÉ QUE… ELE ABRIU A BOCA.

Daemon é irritante. Arrogante. Dá vontade de matar. A gente não se dá bem. Não mesmo. Mas, quando um caminhão quase me transforma em panqueca, o garoto literalmente congela o tempo com um aceno de mão e aí, bom, algo inesperado acontece.

O ALIEN GATO (MEU VIZINHO) ME DEIXA COM UM RASTRO.

Você me ouviu bem. ALIEN! A verdade é que ele e a irmã têm uma galáxia de inimigos que querem roubar seus poderes. O rastro que deixou em mim brilha como lua cheia, e isso não é nada bom. O único jeito de sair viva dessa é ficar colada em Deamon, até a magia alienígena desaparecer.

QUER DIZER, ISSO SE EU NÃO MATAR O CARA PRIMEIRO.


Olá gente!!! Como vocês estão? Tudo beleza?

O que dizer dessa belezura chamada Obsidiana? É o primeiro livro da série Lux atualmente composta por cinco livros. Ele é divertido, leve e maravilhosamente bem escrito com um enredo de tirar o fôlego e deixar as pernas bambas.

Em busca de começar uma nova vida Katy e sua mãe se mudam para uma cidade pequena no interior, onde tudo é muito longe, internet lenta e para piorar sua mãe insiste que ela faça amizade com os vizinhos que segundo ela tem mais ou menos sua idade. Perfeito para ela sair do “casulo”.

Apesar de sua mãe ter dito que o seu vizinho era um cara “gostosão”, ela não imaginava que fosse tanto. Ela decide pedir uma informação para o cara e ele na moral, tira ela de uma forma bem arrogante chamando-a de boneca com grandes olhos vazios meio retardada, kkkk. Gente!!! Eu juro que ele disse isso! Eu ri muito , porque a cena foi bem engraçada e  Katy na mesma hora ficou possessa, afinal, ele tinha sido bem escroto com ela. O problema de Katy é que ela perdeu o pai para o câncer e a situação ficou bem difícil para ela e sua mãe suportar, então ela meio que se fechou para as pessoas.

“Eu costumava evitar todo tipo de confronto, mas esse cara conseguiu ligar meu interruptor de barraqueira como ninguém”.

livro obsidiana, eu amo ler, beleza de livros, eu leio, mylena fernanda, resenha, editora valetina, jennifer l armentroud

O cara mal humorado que tratou Katy de forma tão ruim, foi simplesmente Daemon Black, e apesar dele querer distância dela, a sua irmã Dee não pensa da mesma maneira. Ao contrário, Dee quer mais do que tudo uma amiga “normal”, ela faz de tudo para Katy ser sua amiga, e insiste para o seu irmão deixar. Só que Daemon fará de tudo para afastá-la afirmando que não precisam de alguém como ela.

“Ele parou de falar e respirou fundo, baixando o olhar para a minha boca aberta. Prendi o ar. Notei um brilho nos seus olhos, mas ele piscou e escondeu o que quer que houvesse ali”.

Katy ficará bastante desconfiada quando perceber que eles são pessoas bem diferentes, como por exemplo, as outras pessoas olham para eles com medo, os alunos da escola não se aproximam deles, e os amigos que possuem entre eles, são todos trigêmeos. Algo não está certo. Até que um dia, em uma de suas brigas com Daemon, ela correr sem direção alguma e quase ser atropelada por um caminhão. Era para estar literalmente morta, porém, assim que abriu os olhos viu o caminhão parado a milímetros do seu rosto.

O motorista estava completamente congelado, era como se o tempo tivesse parado. Daemon estava concentrado, com respiração pesada, fazendo esforço, com uma luz intensa amarelo-avermelhada que o transformou completamente, em algum ser de luz. Esse era o mistério, tanto Dee quanto Daemon são seres alienígenas que vieram de um planeta bem distante e possuem super poderes. Loucura né? Mas é a verdade.

“Sou capaz de qualquer coisa, gatinha. Matar para proteger minha família é algo que eu não hesitaria em fazer, mas não é nada com que você precise se preocupar”.

livro obsidiana, eu amo ler, beleza de livros, eu leio, mylena fernanda, resenha, editora valetina, jennifer l armentroud

O planeta deles foi destruídos e eles vieram parar aqui na Terra. O grande problema disso tudo é que Daemon parando o caminhão, deixou um rastro em Katy que permite que os inimigos dos Luxen, que são eles, descubram onde eles estejam e usem Katy como isca. Esse rastro é como se fosse uma árvore de natal brilhando bem forte, então até esse rastro desaparecer, será necessário ela ficar grudada com Daemon até estar segura novamente.

Então começará uma relação de gato e rato entre eles, porém, a atração mais forte ainda. Daemon tratou Katy mal apenas para ela não se aproximar de sua gente e ficar segura. Agora o problema será provar que gosta dela, mesmo depois de suas grotescas atitudes.

Eu recomendo muito!!! Esse livro me lembra um pouco crepúsculo. Muitas das situações são semelhantes, porém, não igual. Leia e descubra por você mesmo, porque eu já vou para o segundo livro dessa série arrebatadora.

O grito que ele soltou me rasgou por dentro, aumentando o medo e transformando-o em raiva e angústia. A luz do Daemon flamejou, ofusgante e concentrada…”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.